Após derrota na Colômbia, Paulo Autuori deixa comando do Atlético-MG

211
0
Share:
Paulo Autuori é demitido do Atlético Mineiro

O técnico Paulo Autuori não suportou a pressão da torcida e do mau desempenho da equipe nas últimas partidas e deixou o comando do Atlético-MG, nesta quinta-feira, após derrota por 1 a 0 para o Nacional-COL, em Medelím, pelas oitavas de final da Libertadores. O diretor de futebol do clube alvinegro, Eduardo Maluf, foi quem fez o comunicado da saída do treinador.

A gota d’água para a saída de Paulo Autuori foi a fraca atuação do time contra o Nacional-COL, quando o time alvinegro teve uma postura defensiva e chutou apenas duas vezes ao gol do time colombiano. O Galo levou o castigo no final da partida, quando Cárdenas conseguiu vazar o gol de Victor.

O resultado fez com que o Galo chegasse ao terceiro jogo sem vitória e também o terceiro sem balançar as redes na temporada. Além disso, interrompeu uma sequência de 18 jogos de invencibilidade. Paulo Autuori começou a treinar o time no começo deste ano, no lugar de Cuca, que foi para o futebol chinês. Entretanto, o treinador não conseguiu levar o time às mesmas atuações que o antecessor conseguiu e a pressão da torcida por boas atuações chegou ao ápice nesta quinta-feira, quando a sede de Lourdes amanheceu pichada.

O Atlético-MG está na Colômbia e vai direto para Porto Alegre, onde enfrenta o Grêmio, neste domingo, às 18h30m (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro. A diretoria ainda não falou em nomes de quem poderia assumir o comando e também quem ficará no cargo na próxima partida. Segundo a assessoria de comunicação do clube, a diretoria não irá se pronunciar sobre o assunto.

Paulo Autuori foi anunciado no dia 20 de dezembro pelo presidente Alexandre Kalil, logo após a queda do Atlético-MG no Mundial de Clubes. No comando do Galo, Autuori esteve em 23 jogos, com 11 vitórias, nove empates e três derrotas. A estreia foi no empate por 0 a 0 com o Minas Futebol, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. O título estadual foi perdido para o Cruzeiro, após dois empates sem gols.

Fonte: G1

Share: