Barcelona revela detalhe do contrato de Neymar

126
0
Share:
Barça revela contrato de Neymar

Em meio à polêmica em relação à contratação de Neymar, o Barcelona, enfim, resolveu explicar o acordo com o jogador. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, um dia depois da renúncia de Sandro Rosell, o novo presidente do clube, Josep María Bartomeu deu detalhes da negociação com o atleta e manteve a versão oficial do clube: foram gastos € 57,1 milhões (cerca de R$ 188,5 milhões, na cotação atual) para contar com o brasileiro. Porém, o diretor de futebol, Raul Sanllehí, elevou a conta ao considerar também as luvas recebidas pelo craque, as parcerias sociais e de marketing e o acordo de prioridade com o Santos: € 86,2 milhões (R$ 284,5 milhões).

– Tudo isso nos leva a € 86,2 milhões, sem contar o salário do jogador – afirmou Sanllehí.

Com estes números, o ex-santista seria o terceiro jogador mais caro da história, passando Zidane, que em 2001 trocou o Juventus pelo Real Madrid por € 73,5 milhões. Gareth Bale e Cristiano Ronaldo disputam o posto de mais caro: segundo o Tottenham, o Real pagou € 101 milhões pelo galês no ano passado, valor superior aos € 94 milhões que o clube merengue deu ao Manchester United em 2009 pelo português. Segundo Bartomeu, o Barça só revelou os detalhes do contrato nesta sexta depois da autorização do pai de Neymar.

– Não mentimos em momento algum. O pai do jogador, Neymar da Silva, autorizou o clube a levantar a confidencialidade do contrato porque considera injusto o que aconteceu. Muitos não perdoaram o seu filho por ter preferido vir para nosso clube do que para outros – disse Bartomeu.

O responsável por explicar os valores pagos a Neymar foi Raul Sanllehí. O cartola mostrou slides comparando os valores publicados pela imprensa espanhola e os oficiais: uma diferença está nos € 9 milhões (R$ 29,7 milhões) que teriam sido desembolsados pelo clube para a realização dos dois amistosos contra o Santos e foram computados pelos jornais; de acordo com Sanllehí, não houve gasto por parte do Barcelona.

De resto, os valores são iguais: € 40 milhões (R$ 132 milhões) pagos à empresa N&N, de propriedade do pai de Neymar e dona dos direitos econômicos do jogador, e mais € 17,1 milhões (R$ 56,5 milhões) ao Santos. Há ainda a possibilidade de um bônus de € 2 milhões (R$ 6,6 milhões) caso o jogador fique entre os finalistas da Bola de Ouro.

– Existe uma multa de € 4,5 milhões se não jogarmos o segundo amistoso, pois o primeiro já foi disputado. Com este jogo, ganharam € 2,5 milhões. Os gastos do Santos foram com a viagem. A empresa N&N significa Neymar e Nadine, pai e mãe do jogador. O clube não participa desta empresa – explicou Sanllehí.

‘NEYMAR RECUSOU PROPOSTAS MAIS VANTAJOSAS’

O dirigente revelou ainda que Neymar recusou propostas mais vantajosas financeiramente para poder jogar no Barcelona, uma vez que já havia um acordo com o clube catalão – que ainda assim poderia ser quebrado.

– Faltava a Neymar um ano de contrato com o Santos, até 2014, quando ficava livre. Esta empresa tinha o direito de decidir onde Neymar jogaria. Aqui existia outra cláusula indenizatória se alguma das partes não cumprisse o acordo. Meio mundo queria contratar o Neymar. Em 2012, e a princípios de 2013, surgiu uma loucura para contratá-lo. Estávamos tranquilos porque pensávamos que, tendo pagado € 40 milhões, não nos deixariam. E nos avisaram que poderia não ser assim. Falamos com o jogador, e o risco existia. Seu pai me mostrou uma empresa que oferecia € 60 milhões, e logo subiram para € 100 milhões. E o jogador renunciou a essa proposta, preferiu vir para o Barça. Um clube duplicava o salário que nós lhe oferecíamos. E ele preferiu vir para cá.

SALÁRIO É DE R$ 29 MILHÕES POR ANO

Na sequência, Sanllehí explicou que os € 95 milhões divulgados pelo jornal “El Mundo” levam em consideração não apenas o valor gasto para contratar Neymar, mas também o salário do jogador e as luvas recebidas para fechar com o Barça.

– Este valor não faz parte da contratação do jogador. O salário fixo de Neymar é de € 8,8 milhões (R$ 29 milhões) por cinco anos: no total, € 44 milhões (R$ 145 milhões). A segunda parte é o bônus de assinatura do contrato: € 2 milhões (R$ 6,6 milhões) por cinco anos, € 10 milhões (R$ 33 milhões), que o jogador conta como salário. Por fim, é a comissão do agente, mas o Barça nunca remunerou agentes. Todos os jogadores têm um agente que cobra uma porcentagem deste salário, de 5%. Neste caso, no total, são € 2,7 milhões.

 

Fonte: G1

Share: