Ceará vence São Paulo no Morumbi pela Copa Brasil

308
0
Share:
São Paulo é surpreendido pelo Ceará em pleno Morumbi

O São Paulo escalou Michel Bastos, Ganso, Pato e Luis Fabiano. E perdeu para o lanterna da Série B. O futebol contemporâneo pregado por Juan Carlos Osorio parou na tática mais antiga, única a qual o bravo Ceará poderia recorrer: todo mundo atrás e chances divinas, de preferência em bolas paradas. Rafael Costa, primeiro em vacilo da zaga, e depois em pênalti sofrido por Fabinho, fez os gols da vitória por 2 a 1, que deixa a equipe do Nordeste a um empate da classificação às quartas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, no Castelão.
O São Paulo, que descontou com Alexandre Pato, precisará vencer por dois gols de diferença, ou devolver o placar de 2 a 1 para levar a decisão da vaga à disputa de pênaltis.
Guilherme Andrade bateu escanteio, Wellington Carvalho desviou e Rafael Costa, livre e em condição, graças a Reinaldo, abriu o placar. O São Paulo adotou uma tática difícil de se entender contra um time tão inferior tecnicamente. Encontrar um jogador aberto – Carlinhos na esquerda e Pato na direita – para levantar a bola na área. Não deu certo.
Luis Carlos, goleiro do Ceará, fez boas defesas em chutes de Thiago Mendes e Michel Bastos. Houve ainda dois lances em que a tal interpretação da arbitragem irritou são-paulinos. A bola bateu no braço de Fabinho e UIllian Correia dentro da área, mas o árbitro Dewson Fernandes Freitas da Silva ignorou os pedidos de pênalti nos dois lances.
No intervalo, Wilder substituiu Luis Fabiano, que saiu com dores no joelho em lance que ninguém sabe, ninguém viu. O colombiano jogou mal, mas a equipe até que conseguiu ser mais veloz na movimentação. Aí veio um contra-ataque e… Pênalti de Luiz Eduardo em Fabinho: 2 a 0 e fúria total da torcida organizada, com gritos contra Ganso e de “time sem vergonha”. O público foi de 13.015 pessoas.
O São Paulo diminuiu com seu principal trunfo na temporada: o talento de Alexandre Pato. Ele bateu com categoria e acertou o cantinho de Luis Carlos. Com Carlinhos na ponta direita, uma de suas “n” posições durante a partida, e o zagueiro Luiz Eduardo de centroavante, os anfitriões conseguiram criar bons lances, mas, no melhor deles, Wilder furou na primeira e acertou o travessão na segunda. Ficou claro, ali, que a bola não entraria de jeito nenhum.
A partida acabou e o clima no Morumbi é pior do que nunca. No domingo, o rival será o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, no Maracanã. O Ceará receberá o Paraná na Série B.

Outros Resultados:

Fluminense 2 x 1 Paysandu

Internacional  2 x 0  Ituano
Fonte: G1

Share:

Leave a reply