Cineasta Tony Scott comete suicídio de ponte em L.A.

302
0
Share:

LOS ANGELES, CA — O cineasta britânico Tony Scott, diretor de sucessos de Hollywood como “Top Gun” e “Maré Vermelha”, morreu no domingo ao pular de uma ponte no porto de Los Angeles, informou o instituto médico legista do condado de Los Angeles,nos Estados Unidos, no último domingo (19).
Segundo a mulher do cineasta, Donna Scott, o rumor que ele teria câncer ou qualquer outra doença que o teria levado a tirar sua própria vida é “absolutamente falso”.

De acordo com a Guarda Costeira da Califórnia, Scott pulou do alto da ponte Vicent Thomas por volta das 16h30 de Brasília (12h30 no horário local), mas seu corpo foi localizado na água apenas às 20h30 (16h30 em Los Angeles).

Uma carta, de conteúdo ainda não revelado, foi encontrada no carro do diretor, estacionado a poucos metros do local. Tony foi visto estacionando seu carro na ponte antes de saltar para a água.

Scott produzia o filme Emma’s War nos últimos meses, sem título em português, e planejava parceria com o irmão para gravar a segunda parte de Prometheus (2012). Uma continuação de Top Gun também era especulada.

Vida e carreira

Nascido em Northumberland, Grã-Bretanha, em 1944, Scott era sete anos mais novo que o irmão Ridley Scott, que impulsionou sua carreira na década de 1970. Antes de se dedicar ao cinema, Tony investiu em seu talento como artista plástico, após ganhar uma bolsa de estudos na Universidade de Leeds. Ele e Ridley trabalharam juntos em diversas ocasiões e recentemente produziram séries de TV de sucesso como The Good Wife e Numb3rs. Tony foi um dos produtores do filme mais recente do irmão mais velho, a ficção científicaPrometheus.

O diretor estava no terceiro casamento, com a atriz Donna Scott, com quem teve dois filhos.

Ele dirigiu 18 longas-metragens e tinha Tom Cruise e Denzel Washington como astros preferidos das produções.

Fonte JB/Cultura
20 de agosto de 2012 2:45 p.m. PST

Share:

Leave a reply