Cresce a preferência pelo trabalho feito de casa

128
0
Share:

NOVA YORK, (BDCi) – Um em cada cinco trabalhadores mundiais, especialmente no Oriente Médio, América Latina e Ásia, trabalha de casa frequentemente. Quase 10% deles trabalham em casa todos os dias, de acordo com uma nova pesquisa Ipsos/Reuters. A Ipsos entrevistou 11.383 pessoas online em 24 países de todos os continentes.

Na Índia trabalhar de casa é especialmente popular, onde mais da metade dos trabalhadores o fazem, na Indonésia o índice é de 34%; o México registra 30%, seguido por Argentina, África do Sul e Turquia.

Essa opção de trabalho é menos popular na Hungria, Alemanha, Suécia, França, Itália e Canadá, onde menos de 10% das pessoas trabalham de casa. “A história na verdade gira em torno dos mercados emergentes e não sei se o Ocidente está a ponto de desenvolver tendência parecida”, disse a gerente de pesquisa da Ipsos Global Public Affairs, Keren Gottfried

A pesquisa trata de profissionais que trabalham longe de seus escritórios, comunicando-se por telefone, e-mail ou em chats online, quer todos os dias, quer ocasionalmente. Os avanços da tecnologia e das telecomunicações permitiram que as pessoas trabalhem cada vez mais de forma efetiva e eficiente sem que precisem estar o tempo todo no escritório de uma empresa.

“Muitas das vantagens são claras. Europeus e Norte Americanos concordam que trabalhar de casa é uma ótima maneira de reter mulheres na força de trabalho. Isso causa menos estresse por reduzir a necessidade de deslocamento e oferece melhor equilíbrio entre a vida profissional e pessoal”, comentou a pesquisadora.

Entre os pesquisados, 65% disseram que trabalhar de casa é eficaz porque oferece mais controle sobre a vida profissional. “Isso dá à pessoa a oportunidade de trabalhar na hora que é mais produtiva”. Você trabalha quando sabe que pode executar seu trabalho com pleno potencial.” disse Keren Gottfried que conduziu o levantamento.

A pesquisa concluiu essa crescente tendência no mercado de trabalho e deve persistir em alta já que 34% dos entrevistados dizem que se pudessem trabalhariam de casa totalmente em tempo integral.

Por: Josi Chevalier
Editado por Janete Weinstein
Fonte: Reuters
Foto: plrinternetmarketing.com/ something-big.net
24 de Janeiro de 2012
9:59 p.m. PST

Share:

Leave a reply