Crescimento da economia Americana em baixa

145
0
Share:

WASHINGTON (BDCi) — No último relatório orçamentário, lançado em setembro de 2011, o governo otimista, esparava alcancar um crescimento de 3,2% este ano e de 4% em 2013. Mas a casa Branca divulgou nesta segunda feira (13) que revisou para baixo a previsão de crescimento da economia americana. Os novos índices são de 2,7% para 2012 e 3,0% para o ano seguinte.

Além disso, espera-se uma desaceleração do ritmo inflacionário, para uma taxa anual de 1,9% ao término de cada um dos dois anos considerados, segundo o projeto de lei de finanças para o exercício orçamentário 2013, publicado nesta segunda-feira (13). Cópias do orçamento jáforam distribuidas no Senado.

A previsão de crescimento de 2,4% em 2011 não se concretizou, segundo a primeira estimativa oficial do final de janeiro, que registrou alta do produto interno bruto (PIB) de apenas 1,7% no ano passado.

O Fundo Monetário Internacional (FMI), que havia previsto, também em setembro, que os Estados Unidos cresceriam 1,5% em 2011, divulgou no final do mes passado cifras ainda mais baixas para o crescimento da economia: 1,8% em 2012 a 1,8% e a 2,2% no ano que vem.

O projeto de lei para o orçamento do exercício de 2013, que começa em primeiro de outubro, prevê uma taxa de desemprego de 8,8% em média para o último trimestre de 2012 e de 8,6% no seguinte.

Mas a Casa Branca considera que estas previsoes já não são mais corretas, porque foram estabelecidas a partir de dados de novembro de 2011. Em janeiro o número de contratações atingou 243.000 novos postos, recuando a taxa de desemprego pelo quinto mês consecutivo. A melhora do mercado de trabalho americano, fez recuar a taxa oficial de desemprego para 8,3%.

Por: Josi Chevalier
Fonte: AFP
Foto: AP
13 de Fevereiro de 2012
8:33 p.m. PST

Share:

Leave a reply