Dólar fecha a R$2,13, maior alta desde maio de 2009

171
0
Share:

BRASÍLIA (BDCi) — O dólar fechou em alta frente ao real nesta sexta-feira (30), ultrapassando o patamar de R$ 2,13 pela primeira vez desde maio de 2009. A moeda norte-americana terminou os negócios vendida a R$ 2,1307, valorização de 1,6% frente ao fechamento da véspera.

A alta vem depois que dados mostraram que o PIB brasileiro do terceiro trimestre cresceu menos que o esperado por analistas, sugerindo que o governo pode lançar mão de um real mais desvalorizado e juros mais baixos para estimular a economia.
A moeda já vinha subindo com investidores puxando a cotação para cima de olho no fechamento da Ptax de novembro.

saiba mais

Economia brasileira cresce 0,6% no 3º trimestre, mostra IBGE
Acompanhe mais cotações do mercado financeiro

Na última sexta-feira 923), quando o dólar se aproximava de R$ 2,12 – a autoridade monetária anunciou um leilão de swap cambial tradicional, operação que equivale a venda de dólares no mercado futuro. O BC vendeu 32.500 contratos de uma oferta de até 62.800 contratos com vencimento dia 3 de dezembro, quando também expiram 62.800 contratos de swap reverso.

Como o BC deixou o dólar romper o nível de R$ 2,10, parte do mercado interpretou que a banda informal de R$ 2 a R$ 2,10 estaria sendo deslocada para cima.

PIB brasileiro

A economia brasileira cresceu apenas 0,6% no terceiro trimestre do ano quando comparada com o segundo trimestre. A mediana de previsões de 42 analistas consultados pela Reuters mostrou expectativa de que o PIB brasileiro cresceria 1,2% no trimestre passado ante o período anterior.
Na quinta-feira, o dólar fechou com alta de 0,33%, cotado a R$ 2,097. Na semana, até o último fechamento, a moeda acumula valorização de 0,73% e no mês, de 3,29%. No ano, a alta é de 12,23%.

Fonte: g1.globo.com
Foto: falams.com.br
Data: 30 de novembro de 2012, 3h28 p.m. PST

Share:

Leave a reply