Dorival confirma encontro com cúpula do Palmeiras:”Reunião proveitosa”

180
0
Share:

Dorival Júnior se animou com o encontro que teve com dirigentes do Palmeiras na última segunda-feira, em Florianópolis, mas prefere manter os pés no chão e aguardar o fim da fase de visitação dos dirigentes aos candidatos ao cargo. Além dele, Vanderlei Luxemburgo também já recebeu em sua casa o diretor executivo José Carlos Brunoro e o gerente de futebol Omar Feitosa – ele, porém, está descartado.

– Foi uma reunião como a que todos os outros técnicos tiveram, só para me conheceram um pouco mais e para eu entender o que vem acontecendo com o Palmeiras. Nada de falar que abrimos negociações, mas foi, sim, uma conversa bem tranquila, dentro de um pensamento de conhecer alguns profissionais – afirmou o treinador.

Jogador do Palmeiras entre o fim dos anos 80 e o início dos 90, Dorival está desempregado desde o final do ano, quando deixou o Fluminense. Questionado se vê com bons olhos o método utilizado pela cúpula palmeirense, que ainda deve conversar com mais treinadores cotados ao cargo, Dorival disse que sim:

– Acho correto no momento de contratar você tentar conhecer um pouco mais de quem você está contratando, independente de já existir um conhecimento prévio em relação a alguns profissionais. É interessante até para expor o que o clube pensa, as perspectivas de futuro – destacou.

No aguardo de um contato telefônico de São Paulo, o técnico se mostrou aberto à possibilidade de assumir o comando do clube, mas preferiu não trabalhar com hipóteses.

– Não vou falar em cima de suposição. Se decidirem que vão abrir negociação comigo, aí é diferente, posso até falar depois o que coloquei a eles e o que ouvi, mas foi uma reunião proveitosa. Se vier a acontecer, ótimo. Caso contrário, tudo bem – projetou.

Nesta quarta-feira, o Palmeiras encara o Sampaio Corrêa pela segunda fase da Copa do Brasil com orientação do interino Alberto Valentim. Dorival, porém, assistirá a tudo pela televisão.

– Vou acompanhar, mas não só o Palmeiras, todos os campeonatos. É mais do que uma obrigação de quem está fora do mercado acompanhar a várias partidas – admitiu.

Fonte: G1

Share: