Juventus vence o Lyon pelas quartas: 1 a 0

139
0
Share:
Juventus vence o Lyon pelas quartas da Liga Europa

Um gol do zagueiro Leonardo Bonucci, aos 40 minutos do segundo tempo, evitou o que seria um merecido 0 a 0 no Estádio Gerland, nesta quinta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Liga Europa. Melhor para o Juventus, que derrotou o Lyon por 1 a 0 e conquistou importante vantagem para o duelo de volta, na próxima semana, em casa.

A Velha Senhora garantirá a classificação para as semifinais até mesmo com um empate. Se perder por 1 a 0, a disputa seguirá pela prorrogação e, insistindo o placar, pênaltis. Derrotas por um gol de diferença com dois gols marcados pelos visitantes favorecem os franceses.

A nota triste para o time de Antonio Conte se deu por mais uma lesão muscular na semana. Agora o argentino Carlitos Tevez foi a vítima – ele teve de ser substituído aos dez minutos do segundo tempo depois de arriscar de fora da área. A tendência é que não tenha condições de jogar na quinta-feira no Juventus Stadium.

NOTA ZERO

Sem contar com o chileno Arturo Vidal, que desfalcou a equipe por suspensão, o Juventus foi pouco criativo no meio-campo. O time italiano começou a partida cheio de determinação, ignorando os gritos vindos das arquibancadas em Lyon. No entanto, a única grande chance da Velha Senhora na primeira etapa aconteceu com Tevez. Aos cinco minutos, o argentino aproveitou bola “pipocando” na área e tocou de cabeça rente à trave esquerda do goleiro Anthony Lopes.

O Juve diminuiu o ritmo e deu espaços para o time francês. Os donos da casa tiveram as melhores oportunidades aos 26 e aos 27 minutos. Na primeira, Malbranque recebeu bom passe de Tolisso na área e chutou para Buffon fazer grande defesa. Em seguida, Briand finalizou após cobrança de escanteio e mandou a bola por cima do gol.

O goleiro Buffon, assim como no último domingo (derrota para o Napoli), foi bem quando exigido. Aos sete, Umtiti cobrou falta no cantinho – e lá estava o veterano para mergulhar. Do outro lado, Pirlo exigiu Lopes a fazer boa defesa. Ainda assim, os dois produziam muito pouco e não correspondiam com as expectativas. Para piorar o espetáculo, Tevez saiu machucado aos dez, com uma lesão muscular. O gol só poderia ser de um zagueiro: aos 40, Bonucci aproveitou sobra na grande área e emendou para as redes.

‘FANTASMAS’ DÃO SORTE AO BASEL

Em outro jogo da rodada, o Basel colocou um pé na semifinal ao golear o Valencia, por 3 a 0, no St. Jakob Park. Aqui, um fato curioso: como atuou com os portões fechados em virtude de uma punição da Uefa, o time da Suíça ganhou o apoio simbólico de torcedores fantasiados de fantasmas. Eles, é claro, foram barrados e tiveram de ficar na porta do estádio. O argentino Delgado, duas vezes, e Stocker, em belo toque de cobertura, marcaram os gols. O brasileiro Jonas ficou no banco de reservas.

Fonte: G1

Share: