LA Galaxy “joga bonito” e vence Seattle Sounders em casa

477
0
Share:
partida da MLS La galaxy x Seattle Sounders

CARSON, CA (BDCi) — Depois de três partidas longe de casa, o Los Angeles Galaxy volta ao Home Depot Center e “joga bonito ” na frente  dos 24 mil torcedores que compareceram para prestigiar a partida contra o Seattle Sounders e a estreia do jogador Roggie Rogers com o time.

O que os torcedores presenciaram foi um LA Galaxy com fome de bola e de gols.  O primeiro gol aconteceu logo aos 12 minutos do primeiro tempo, e teve ajuda do meia brasileiro Marcelo Sarvas. Com um passe certeiro para o capitão Robbie Keane este lançou na aréa para Sean Franklin que não perdeu a oportunidade mandando para o canto esquerdo do goleiro Michael Gspurning.

“Acho que começamos a partida muito bem.  Não fomos tão consistentes ultimamente e também sem muita sorte, porém esta noite fomos recompensados pelos nossos esforços”. disse o treinador Bruce Arena na coletiva de imprensa após a partida.

KEANE  – FOME DE BOLA

A partida foi dominada pelo Galaxy e os 3 outros gols do jogo vieram do próprio capitão. Keane marca o segundo gol depois da bola bater em Gonzalez e ficar solta na área,  o camisa 7 manda uma bomba e converte aos 24 minutos.  Os outros dois gols foram de pênalti aos 34 e 44 minutos no primeiro tempo.

Placar final 4-0 LA Galaxy.

“Impomos o ritmo da partida já no início e isso ajudou bastante.  O nosso posicionamento bloqueou as jogadas deles”.  disse o capitão Robbie Keane.

ESTRÉIA DA NOITE

O momento mais esperado pelos torcedores do LA Galaxy foi a participação de Robbie Rogers na partida.  Rogers entrou aos 77 minutos para substituir o brasileiro Juninho e ambos foram aplaudidos de pé pelos fãs que lotaram o Home Depot Center.

Essa foi a primeira partida de Rogers pela MLS desde 2011. O jogador assumiu sua homosexualidade tornando-se o primeiro jogador profissional gay na história do esporte norte-americano.

Durante a coletiva de imprensa, Rogers disse esperar servir de exemplo para outros atletas. “Foi uma loucura me afastar do futebol aos 25 anos.  Eu amo futebol e eu sou grato a Deus por me dar coragem de voltar e eu espero que a minha atitude possa ajudar outros que estão na mesma situação”.

MARCELO E JUNINHO

Os brasileiros dominaram o meio-de-campo, contribuíram com passes que levaram a gols e deram trabalho para a defesa do Seattle Sounder.  Tanto Juninho quanto Sarvas sofreram faltas duríssimas durante a partida.

Juninho aos 42 minutos foi derrubado na área por Brad Evans,  o brasileiro sentiu o joelho e teve que ser atendido pelos médicos.  O incidente rendeu o quarto gol e segundo pênalti da partida.

Já Marcelo Sarvas foi agredido pelo jogador  Shalrie Joseph aos 86 minutos. O juiz Baldomero Toledo mostrou o cartão vermelho enfurecendo o camisa 21 do Sounders. Essa foi a segunda vez que o jogador Joseph agrediu Sarvas na partida.  A primeira foi aos 80 minutos com um tapa no rosto, mas o juiz não deu nenhum cartão.

A próxima partida do LA Galaxy acontece no dia 29 de maio na Carolina do Norte pela US Open Cup contra o Carolina RailHawks em New England.

 

ARTIGO RELACIONADO:

LA Galaxy abre as portas para o primeiro jogador gay na história do esporte norte-americano

 

 

Editado por: Ubiratã Farias

Share:

Leave a reply