Legistas pedem histórico médico de Whitney Houston

130
0
Share:

CALIFORNIA (BDCi) — Os legistas encarregados de estabelecer as causas da morte da cantora Whitney Houston querem ter total acesso ao histórico médico dela, segundo informou nesta terça-feira (14) o Instituto Forense de Los Angeles. “Vamos tentar obter todos os arquivos sobre a saúde de Whitney Houston”, disse Ed Winter, porta-voz do Instituto, à agencia de notícias AFP.
A autópsia do corpo foi finalizada no domingo e as análises toxicológicas continuam em curso para determinar as causas da morte. Os resultados deverão ser divulgados nas próximas seis ou oito semanas, divulgou o Instituto.
Dois dias depois da morte, o Instituto informou a descoberta de vários frascos de medicamentos vendidos apenas com receita médica no quarto do hotel onde a cantora morreu. Ao ser questionado sobre uma possível participação na investigação da agência americana antidroga (DEA), Ed Winter respondeu: “não tivemos nenhum contato com o DEA e não vemos razões para isso”.
Na imprensa mundial as especulações sobre o que causou a morte da cantora continuam, isto porque Whitney era conhecida por sua dependência de drogas e álcool. Segundo o site de celebridades TMZ, Whitney Houston morreu ao misturar medicamentos controlados entre eles o ansiolítico Xanax, o calmante Valium com bebidas alcoólicas como cerveja e champagne. O site sustenta que a mistura perigosa pode ter levado a cantora a um ataque cardíaco.
Whitney foi encontrada inconsciente no sábado (11) na banheira de seu quarto, no hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills. Os paramédicos não conseguiram reanimá-la e a morte foi decretada, pouco antes das 4 da tarde, às vésperas da 54ª cerimônia dos prêmios Grammy.
O funeral de Whitney Houston vai acontecer no próximo sábado (18) na igreja batista New Hope em Newark, cidade em que ela nasceu, no estado de Nova Jersey. De acordo com o prefeito, Cory Booker, o funeral não será público, a pedido da família
Por: Josi Chevalier
Fonte: TMZ,AFP, Daily News
Fotos: TMZ, richcrib.com
14 de Fevereiro de 2012
8:39 p.m. PST

Share:

Leave a reply