Leteri leva prata no Mundial de Masters da IBJJF

520
0
Share:

LONG BEACH, CA (BDCi) — Marcel Leteri Sasso Oliveira, esse é o nome do pequeno grande guerreiro que levou a prata no Mundial de Masters da IBJJF 21013  neste último domingo (6) na Califórnia.

“Mais importante que a medalha de prata, foram as jornadas de treinamento aqui na Califórnia” disse Marcel.  Que se  preparou muito,  desde uma alimentação saudável até o treino com grandes nomes do Jiu Jitsu em Los Angeles e San Diego. Para ele, uma jornada histórica e muito prazerosa.

Depois de consagrar-se como campeão europeu em janeiro, Marcel, 32, veio pra Long Beach para um dos seus maiores desafios, disputar o campeonato mundial de masters da IBJJF, o qual reúne os melhores atletas na categoria.

Foto: Carlos Cardinalli

Foto: Carlos Cardinalli

COMPETIÇÃO

Logo na primeira luta Marcel mostrou para que veio. Com um Jiu Jitsu de técnica apurada, Leteri finalizou seu primeiro adversário com uma linda chave-de-perna garantindo o terceiro lugar e sua vaga na semifinal.

Na segunda luta, Marcel repete o feito e surpreende seu adversário com o famoso “Leteri Choke”, um estrangulamento ao estilo “jiu jitsu invisíve” que colocou seu oponente “para dormir”. Sem perceber que estava sendo estrangulado, o também faixa preta não conseguiu desistir a tempo e acabou desmaiando enquanto tentava dominar as costas de Marcel.

Na final, uma luta duríssima, contra Daniel Beleza de Andrade, um lutador que vem ganhando todas as competições este ano. Em grande estilo, e por apenas três vantagens, Marcel ficou com o suado segundo lugar. Uma glória para o pequeno grande Marcel que não é  um atleta profissional, ele divide seu tempo entre treinar seus alunos na Itália e seu trabalho como técnico de informática.

Em entrevista para o BDCi News,  Carlos Cardinalli, Coach de Leteri, na sua aventura americana, disse estar super orgulhoso com a performance do atleta, o qual é um dos maiores representantes do esporte na Itália, “Marcel colocou o país no ranking mais alto na categoria na faixa preta” acrescentou Cardinalli.

Com dupla cidadania, ele é um dos nomes mais importante na história do Jiu Jitsu do país. Marcel vive na Itália desde 2008, e lá tem uma academia com o irmão Leonardo- “Fratelli Leteri- Brazilian Jiu Jitsu – Verona” e ambos são detentores de inúmeros prêmios, como as medalhas de bronze que ganharam em novembro de 2012, no mundial de Grappling na Polônia.

Além de Leteri, seu discípulo, Mirko Fishietti também marcou presença no campeonato, levando o terceiro lugar na faixa roxa.

O atleta tem planos de voltar a Califórnia e continuar lutando nos próximos campeonatos.

 

 

Share:

Leave a reply