Mano diz que goleada é inadmissível

153
0
Share:
Mano diz que goleada é inademissível

A goleada por 5 a 1 sofrida para o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, deixou suas marcas no Corinthians. Chateado após a dura derrota no clássico, o técnico Mano Menezes classificou a atuação de sua equipe como “inadmissível”, principalmente no segundo tempo. A falta de reação dos jogadores foi o que mais irritou o comandante, que foi massacrado nas redes sociais.

– Perder por 1 a 0, como perdemos sábado passado, é até aceitável. Não gostamos, mas aceitamos. Mas o resultado de hoje não foi aceitável pelo nosso porte, pelos jogadores e capacidade que temos. É inadmissível – afirmou Mano.

O técnico não viu um ponto específico em que sua equipe falhou. No primeiro tempo, ele chegou a reclamar muito de um suposto pênalti de Gustavo Henrique em Guerrero, não marcado pelo árbitro Paulo César de Oliveira. Nem isso, porém, pôde ser utilizado como atenuante por Mano.

– Se ele marca o pênalti naquele momento, muda a história do jogo. Mas, pelo segundo tempo que fizemos, perdemos o direito de falar sobre a arbitragem – lamentou Mano.

– Tivemos um resultado inexplicável. Faltou tudo, fizemos quase tudo mal. Mas até quando vamos mal, precisamos saber perder. A equipe não foi madura, não poderíamos ter deixado o jogo chegar a esse ponto, porque fica muito mais difícil de resolver – completou.

Durante a entrevista coletiva, Mano teve de ouvir protestos dos torcedores do Corinthians que permaneceram na Vila Belmiro. Por questões de segurança, a torcida visitante deixou o estádio quase uma hora após o fim da partida. Os gritos foram os mesmos entoados durante a goleada, com cobranças a Alexandre Pato, Emerson Sheik e pedidos de raça ao elenco.

 

Fonte: G1

Share: