Morre o músico Dominguinhos, aos 72 anos

256
0
Share:
Morre Dominguinhos, o cantor, compositor e sanfoneiro, herdeiro artístico de Luiz Gonzaga.

SÃO PAULO (BDCi) – Morreu nesta terça-feira, 23, às 18 h,  no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo o músico, compositor e sanfoneiro Dominguinhos. Ele lutava há seis anos contra um câncer de pulmão. De acordo com o hospital, sua morte foi decorrente de  complicações infecciosas e cardíacas.

O cantor esteve internado por um mês em um hospital em Recife, e foi transferido para São Paulo em 13 de janeiro. Ontem, 22, o músico teve  seu estado de saúde piorado e voltou para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Dominguinhos era considerado o sanfoneiro mais conhecido do país e herdeiro do estilo Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”. José Domingos de Morais nasceu em Garanhuns, região agreste de Pernambuco e conheceu Luiz Gonzaga quando ainda tinha 8 anos e foi convidado por este para vir para o Rio. Aos 13 anos Domingos se transferiu para o Rio e ganhou a primeira sanfona do “Rei do Baião”. Três anos mais tarde Luiz Gonzaga o batizou como o seu herdeiro artístico. Dominguinhos começou ainda quando criança a tocar triângulo com seus irmãos no trio “Os Três Pinguins”. Em 13 de dezembro de 2012, durante um show em comemoração ao centenário de nascimento de Luiz Gonzaga realizado na cidade natal do músico, Exú, PE, Gilberto Gil comentou: “Dominguinhos teve a herança do Gonzaga, que ele incorporou, através das canções, dos estilos, o gosto pelo xote, xaxado”.

Dominguinhos teve músicas gravadas por cantores do MPB como Gilberto Gil  em “Eu Só Quero um Xodó” (em parceria com Anastácia) e “De Volta pro Aconchego” (em parceria com Nando Cordel) e interpretada por Elba Ramalho. Gravou com Chico Buarque “Isso Aqui tá Bom Demais”. Estas duas últimas músicas fizeram parte da novela “Roque Santeiro” da TV Globo, o que fez aumentar mais a sua popularidade.

A mulher do músico, Guadalupe Mendonça comentou: “vamos tentar organizar um velório em São Paulo, para que as pessoas possam se despedir dele e, depois, levá-lo a Recife para o enterro”. Chico Buarque disse: “perdi um amigo e um parceiro”. O Governador de Pernambuco decretou luto de três dias pela morte de Dominguinhos.

 

Share:

Leave a reply