Morre pai de Dunga, ex-técnico da seleção brasileira

129
0
Share:

RIO GRANDE DO SUL(BDCi) — Edelceu Verri, pai de Dunga, ex-técnico da seleção brasileira, morreu nesta quinta-feira por volta do meio-dia em um hospital da cidade de Ijuí, no Rio Grande do Sul. Aos 71 anos, o ex-jogador de futebol sofria há pelo menos dez anos do mal de Alzheimer.
A informação foi confirmada pelo hospital Unimed de Ijuí, onde Edelceu estava internado desde o último dia 18. A nota oficial distribuída pelo hospital à imprensa dá conta de que Edelceu faleceu por falência múltipla de órgãos, que foi decorrente de uma sepse (infecção geral por germes) e uma obstrução intestinal. Dunga estava em Ijuí quando o pai faleceu.
O ex-técnico da seleção acompanhou de perto do drama do pai nos últimos anos, inclusive quando estava no comando da equipe verde-amarela. Durante a primeira fase da Copa do Mundo de 2010, por exemplo, Dunga chegou a se emocionar ao falar do estado de saúde do pai em uma entrevista coletiva.
“É mais uma oportunidade de eu mostrar o que aprendi com ele. Que homem que é homem tem de ter caráter, dignidade, transparência, coerência”, disse Dunga na ocasião, ao ser questionado sobre uma nova piora no quadro clínico de Edelceu.
Depois do Mundial, pressionado pelo mau resultado, o treinador se afastou da mídia e recusou inúmeros convites de clubes interessados em contratá-lo. Um dos motivos especulados era justamente a doença do pai, em que Dunga concentrava sua atenção.
Edelceu nasceu no dia 26 de agosto de 1940, tendo sido jogador de futebol que defendeu as cores de equipes do interior do Rio Grande do Sul. Edelceu foi jogador de futebol nos anos 60 quando atuou pelo Esporte Clube Sãu Luiz. A família Verri sempre teve muita ligação com o futebol gaúcho.
O pai de Dunga deixa a esposa, dois filhos e três netos. O enterro está marcado para esta sexta-feira no mesmo município.
Por: Juliana Povoação
Fonte: Globo – Terra – IG
Foto: Globo
23 de fevereiro de 2012
1:50 p.m. PST

Share:

Leave a reply