New Jersey apresenta projeto de reforma imigratória

135
0
Share:

(BDCi) – O senador democrata por Nova Jersey, Robert Menéndez, voltou a apresentar no Congresso proposta imigratória ampla que inclui um caminho para legalização de indocumentados. A proposta é co-patrocinada pelos, também senadores democratas, Harry Reid (Nevada), Patrick Leahy (Vermont) e Richard Durbin (Illinóis).

O novo projeto foi lançado uma semana depois que legisladores republicanos apresentaram em ambas as câmaras legislativas, entre outras recomendações, criminalizar a estadia indocumentada e tornar obrigatório o cadastro de empresas no programa E-Verify, que verifica o status migratório dos trabalhadores.

Incluindo também tópicos similares ao Dream Act e o AdJobs, a lei dos senadores democratas também oferece ferramentas para regular a entrada e saída de imigrantes legais, sob forma de vistos de trabalho, criando uma comissão que analisará a necessidade e a quantidade de vistos expedidos a cada ano para profissionais estrangeiros. O projeto também oferece verbas para programas de ensino do Inglês, e verbas para os estados que se interessarem em incentivar a mão-de-obra imigrante.

Em contrapartida, o projeto também estabelece novas regras de controle da imigração indocumentada nas fronteiras, fortalecendo as bases policiais, e dificultando a entrada de estrangeiros pelos limites do país. Além disso, vai requerer que a Secretaria de Segurança Pública seja mais rígida com aqueles que chegaram ao país com um visto, deixando-o expirar o prazo de permanência.

Durante uma conferência de imprensa, Menéndez explicou que essa nova versão da proposta é diferente da apresentada juntamente com Leahy no ano passado, pois dá mais ênfase a segurança na fronteira e inclui uma versão “mais aceitável” do E-Verify, uma base de dados que permite aos empregadores confirmar de forma voluntária se seus empregados estão autorizados a trabalharem nos EUA.

No Senado, os democratas contam com 51 cadeiras mais o apoio dos independentes. O projeto precisa de 60 votos, dos 100 disponíveis, para ser aprovado.

By: Adrianna Lobo
Source: O Globo
June 27, 2011
10:00 p.m. PST

Share:

Leave a reply