Obras para copa com previsão de término em 2015

159
0
Share:

RIO DE JANEIRO — As obras de reforma e ampliação do Terminal Marítimo do Rio de Janeiro para atender à Copa do Mundo de 2014 têm previsão de término para 2015. O projeto tem por objetivo a implantação de píer em formato de “Y” na área do Porto do Rio de Janeiro, que seria capaz de receber simultaneamente seis navios de passageiros que abrigariam 10 mil leitos flutuantes para aumentar a capacidade hoteleira da cidade.

Este projeto consta na Matriz de Responsabilidades em 19 de julho de 2010, seguindo compromisso celebrado entre o Ministério do Esporte, o Governo do Estado do Rio de Janeiro e Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro.

Ocorre, porém, que as obras deveriam ter começado em maio de 2011 (Com término primeiramente previsto para dezembro de 2013), mas o processo de licitação ainda nem terminou.

“A licitação do Porto do Rio teve questionamento e impugnações por parte dos licitantes. Faz parte de um processo licitatório. Assim que liberado pela Justiça, serão divulgadas as propostas de preço e anunciada a vencedora do processo”, informou, nesta segunda-feira, a Secretaria Nacional dos Portos.

Atualmente, após atualização da Matriz realizada no fim do mês de abril, a previsão oficial é de início dos trabalhos em junho deste ano. Já a conclusão da obra ficaria para maio de 2014, a um mês da Copa. assim justificando o financiamento federal de R$ 314 milhões para a obra, recurso que faz parte do montante separado pelo governo para investir nas obras de preparação do Brasil para o Mundial de 2014.

Maio de 2014 é a previsão oficial que divulgam Secretaria Nacional dos Portos, Ministério do Esporte e Governo do Estado do Rio de Janeiro. Não é o que se observa, porém, no cronograma físico-financeiro da obra, que consta no Edital de Licitação 006-2010, que rege a empreitada.

Neste documento, que aponta quais devem ser as atividades da obra, as datas para execução e os respectivos pagamentos, consta que o processo levará 34 meses. Ou seja, ainda que a obra tivesse início em junho deste ano, só estaria concluída em abril de 2015.

Tal atraso, se acontecer, deixará a cidade com 10 mil leitos a menos do que espera para a Copa de 2014, já que esta é a previsão do número de “leitos flutuantes” que funcionariam em navios de cruzeiro atracados no novo píer durante o Mundial de futebol. prejudica o planejamento do Rio de Janeiro para a Copa. De acordo com pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística), a cidade do Rio de Janeiro possui atualmente 45,5 mil leitos.

Fonte Nex Level Tours
Foto
29 de Maio de 2012

Share:

Leave a reply