Orgulho nacional no mundo do cinema

269
0
Share:

LOS ANGELES, CA (BDCi) – Em busca de um sonho, a então jornalista e atual cineasta, a brasileira Gabby Egito, deixou a pátria mãe para se aventurar em solo estrangeiro com o objetivo de estudar cinema e hoje está encantando o público americano com seus filmes.

O novo filme da cineasta “Coisado” levou o prêmio de Melhor Curta Estrangeiro no Las Vegas Film Festival e o prêmio de Melhor Curta no Los Angeles Brazilian Film Festival.

O curta conta a história de um investigador (Steve Bartlett) que, após ser contratado por um publicitário (o ator brasileiro Phil Miler), descobre informações que trarão graves consequências. O filme revitaliza o gênero “noir” e é baseado em um conto do escritor gaúcho Marcelo Carneiro da Cunha.

Para a alegria de Gabby os festivais aconteceram em menos de uma semana um do outro. “Estou nas nuvens, é um privilégio muito grande representar o meu país”, disse a diretora.

Gabby assina roteiro, produção e montagem do curta, que foi rodado em Los Angeles e é todo em inglês. “Meu elenco e equipe foi composto por pessoas de 14 diferentes países, não dá pra ser mais internacional do que isso, né?”, ressaltou ela.
Em agosto, ela viaja para Atlanta, no estado da Geórgia, onde seu curta será exibido em uma das maiores convenções de cinema de ficção científica do mundo, a Dragon*Con, que deve reunir 40 mil pessoas em quatro dias de intensa programação, segundo a organização do evento.

Ainda no próximo mês, a diretora estará em Vancouver, no estado de Washington, com outro filme dirigido e montado por ela, o documentário experimental “A Vida é um Rio Selvagem” (“Life is a Wild River”), rodado em Alagoas. O filme foi escalado para o Columbia Gorge International Short Film Festival.
A cineasta tem um blog no qual conta suas aventuras cinematográficas chamado o Brazilian Girl in LA (www.brgirlinla.com).

Por Janete Weinstein
Foto: Egito Productions
Editado por Ubiratã Farias
25 de Julho de 2012 6:33 p.m.

Share:

Leave a reply