Plantar e colher

476
0
Share:

Há pessoas, neste mundo, que passam a vida a lamentar-se, reclamando da família, do governo, da falta de oportunidades ou da saúde precária. Não percebem que os anos vão passando e, apesar das reclamações, nada muda para melhor, e, sim, para pior. Porque pensamentos e palavras criam a realidade, moldando o nosso viver.

A melhor maneira de você conduzir sua vida com qualidade é escolher deixar a posição de vítima e assumir que você é a força criadora em todos os caminhos existenciais que quiser seguir.

Às vezes, pode parecer mais cômodo ficar nas queixas e na inércia, vendo os outros fazerem por você, porém, tudo é só aparência. Esta postura, na verdade, esconde um grande sentimento de inadequação e incapacidade.  É preciso entender que ninguém pode caminhar, crescer e evoluir em seu lugar. Você é único  e precioso para o Universo.

Lembre-se que a sorte, que você tanto busca, nada mais é do que o preparo encontrando a oportunidade. Com isso, prepare-se sempre para o melhor, para vencer as naturais dificuldades e as doenças que surgirem.

E aprenda, também, a doar primeiro, para depois, naturalmente, receber. Por exemplo, muitas pessoas casam-se à procura de amor e atenção, sendo que o correto é casar-se com a intenção de oferecer amor e atenção, e, em consequência, recebê-los de volta, sem cobranças. Muitos casamentos, hoje em dia, são desfeitos devido a essa expectativa dos cônjuges, querendo “colher” antes de “plantar”.

Sabendo de tudo isso, procure cumprir a sua parte, com pensamentos, palavras e atitudes positivas e efetivas, e, confiante, permita-se viver a prosperidade e a alegria!

Encerro esta reflexão com este belo conto, de autor desconhecido:

“Um homem, ao passar pela floresta, viu uma raposa que perdera as pernas e admirou-se como, mesmo assim, ela sobrevivia. Neste momento, um tigre apareceu e trazia, entre os dentes, caça nova. A fera comeu o quanto quis, deixando o resto ao lado da raposa, que logo se encarregou de comer. O homem, intrigado, voltou no dia seguinte, e a mesma coisa aconteceu. Então, ele pensou: ´Deus nutriu a raposa usando um tigre.´ Ele admirou a bondade de Deus e pensou consigo mesmo: ´Eu também vou deitar-me n´algum cantinho, com muita confiança no Senhor. E Ele vai mandar-me o quanto me for necessário.´ De fato, assim o fez, por muitos dias, mas nada aconteceu e o pobre estava já às portas da morte, quando ouviu uma voz que lhe disse: ´Estás na trilha do erro! Abre teus olhos e contempla a verdade! Segue o exemplo do tigre e deixa de imitar a raposa aleijada!´”

 

 

Eliana Barbosa é consultora comportamental, life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos.

Conheça melhor as suas atividades profissionais no site www.elianabarbosa.com.br

Contato: eliana@elianabarbosa.com.br

 

Share: