Policiais civis presos durante operação contra jogo do bicho

90
0
Share:

RIO DE JANEIRO, RJ (BDCi) – Trinta e sete pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (15) durante a operação batizada de “Dedo de Deus” , realizada pela Polícia Civil e o Ministério Público (MP-RJ).

As investigações sobre o caso começaram há um ano e foram coordenadas pela Corregedoria Interna da Polícia Civil.

Dos trinta e sete, quatro foram presos em flagrante e o restante por mandado. Entre os detidos, dois são policiais civis, um guarda municipal e o ex-prefeito de Teresópolis, Mário Trincano.

A operação foi iniciada logo cedo, com agentes descendo de rapel do helicóptero da Polícia Civil em uma cobertura que seria de um contraventor, na Avenida Atlântica, em Copacabana, Zona Sul do Rio.

Foram apreendidos cerca de R$517 mil, sendo R$115 mil em espécie dentro do barracão da escola de samba Beija Flor- vencedora do último carnaval. Em Teresópolis, na Região Serrana, as buscas foram feitas em um hotel fazenda, que seria propriedade de um ex-prefeito do município, que também foi preso durante a operação.

Segundo Martha Rocha, chefe de Polícia Civil, foram apreendidos, além dos R$517 mil em espécie, joias, euros, notas fiscais, oito veículos, 39 computadores, uma arma, documentos e máquinas portáteis de cartão de crédito.

O motivo que os levou a serem presos foi o suposto envolvimento com o jogo do bicho no Rio de Janeiro e em outros três estados.

Por: Fernanda Kuniyoshi
Editado por: Janete Weinstein
Fonte: IG
Imagem: G1
10:00 a.m. PST

Share:

Leave a reply