Presidente do Palmeiras é ameaçado de morte

148
0
Share:

SÃO PAULO (BDCi) — Bastou mais um tropeço do Palmeiras no Campeonato Brasileiro para a torcida alviverde fazer um novo protesto. Os muros da sede social do clube e da loja oficial amanheceram nesta segunda-feira com ofensas ao time, aos dirigentes e até ameaças de morte ao presidente Arnaldo Tiron.

O principal alvo da ira dos torcedores foi a direção. Em mais de uma pichação, com diversos erros de português, o mandatário alviverde foi ameaçado: “Vai morre Tirone”, “Tirone vo mata voce”, “time medilcre” e “Fora diretoria” foram algumas mensagens escritas pelos vândalos, além de xingamentos aos diretores. Os protestos têm sido constantes na atual situação palmeirense. O restaurante do vice de futebol, Roberto Frizzo, já foi depredado anteriormente, assim como os muros do Palestra foram pichados em mais de uma ocasião. A torcida também colocou uma faixa na ponte Cidade Jardim, na Marginal Pinheiros, pedindo a renúncia de Tirone e da diretoria.

Mais cedo, na tarde de domingo, o Verdão empatou com o Botafogo em Araraquara e se complicou ainda mais no Brasileirão. Com 33 pontos, o Palmeiras ocupa a 18ª posição do torneio, sete pontos atrás do Bahia, 16º e primeiro clube fora da zona de rebaixamento. A quatro rodadas do fim, o time alviverde volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Fluminense, no Prudentão, às 17h.

Por: Ubirata Farias
Fonte: g1.globo.com
Foto: lancenet.com.br
Data: 05 de novembro de 2012, 04h30 p.m. PST

Share:

Leave a reply