Projeto de diretor brasileiro ganha prêmio do mês do Indiewire

Share:

LOS ANGELES, CA (BDCi) –  O diretor brasileiro, João Paulo Jacobsen apresentou sua tese do mestrado da USC, classificada a faculdade número um de cinema dos Estados Unidos, como projeto a conceituada organização Indiewire. O projeto passou pela revisão de experts e pela primeira vez na história, um diretor brasileiro ganha o prêmio  “Projeto do Mês”.

Em uma conversa com o BDCi News ele disser que acha ser o primeiro Brasileiro a concorrer a esse prêmio. “Somos oficialmente um dos doze melhores projetos do ano do mundo” disse Jacobsen entusiasmado com a premiação.

Ele acrescenta que produzir foi um desafio gigante pois eles trabalharam com um filme de época, além de fazer um planejamento de filmagem no calor do deserto com fundos bastante limitados.

Foto: Arquivo pessoal do diretor.

Foto: Arquivo pessoal – João Paulo Jacobsen

Perguntamos como a sua experiência na USC refletiu na produção do curta  e Jacobsen diz ter sido muito importante. “Mesmo tendo estudado lá, chega um ponto que você tem que meter a cara e fazer um projeto que te desafie. Sinto que está produção foi uma parte crucial da minha educação. Agora me sinto preparado para fazer o meu primeiro longa.”1376683_10152293600679148_828695667_nCom uma equipe composta de três produtores americanos da USC e uma brasileira, trabalhando pro-bono, o projeto foi executado em três meses. “Quando as pessoas não estão sendo pagas motivação se torna ainda mais importante. Ganhar o Indiewire Project of the Month foi essencial para motivar o Editor e Sound Designer a trabalhar ainda mais duro. Agora temos o objetivo de colocar o filme em no festival de Tribeca e desenvolver o filme em um longa metragem a ser filmado na Califórnia ou no Brasil”. Disse  o diretor.

Sobre o curta “OFF TRACK”

1373032_10152293600119148_90838258_n

 O curta é a história pela corrida do ouro e a guerra mexicano-americana.  Rumores sobre

ouro levam cartógrafo Patrick O’Sullivan a desertar o exército e seguir para a Califórnia em busca de riquezas nas regiões não mapeadas.

Ele e seus companheiros encontram-se perdidos e perto da morte quando eles se deparam com um improvável guia – Pul, um xamã da tribo Cahuilla. Patrick usa Pul para procurar ouro e ele descobre que o xamã tem seus próprios motivos, ajudando-o mapear a terra.

Esta descoberta redireciona a jornada egoísta de Patrício em uma oportunidade histórica para focar sua vida uma missão maior que si mesmo.

 

Share: