Prós e contras do famoso cafézinho de cada dia

196
0
Share:

LOS ANGELES, CA (BDCi) — Quantas vezes você já ouviu dizer que café faz mal a saúde? E quantas vezes já ouviu dizer que faz bem? As opiniões de especialistas variam muito, isso porque os estudos e teorias com relação a alimentação e o impacto deles em nosso organismo estão sempre sendo atualizados e refeitos, e a cada momento descobrem uma coisa nova.

Mas afinal de contas, essa frutinha tão desejada faz bem ou mal para a saúde? Como tudo em excesso faz mal a saúde, o café não poderia ficar de lado! Umas das bebidas mais antioxidantes do mundo, o café tem um fito químico como ácidos cloro gênicos, com benefícios antioxidantes semelhantes aos existentes em frutas e legumes que podem melhorar o metabolismo da glicose (açúcar). Uma xícara média de café comum contém cerca de 60 a 130mg de cafeína.

“A cafeína é um estimulante que pode ajudar a manter o estado de alerta e pode melhorar o desempenho desportivo, no entanto em demasia, pode causar nervossismo, irritabilidade, ansiedade, batimentos acelerados do coração, insônia além de problemas estomacais como ulceras e gastrites”.

Além de oxidante, o café contém outras duas substâncias, são elas o cafestol e o kahweol que funcionam como marcadores de risco vascular atuando no colesterol e na homocisteína, um aminoácido que em excesso no sangue, provoca o aumento do entupimento das artérias, além de contribuir para a formação de depósitos de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos aumentando a rigidez e dando origem à chamada aterosclerose. Isso se não tratado pode provocar infarto do coração e derrame do coração. Mas ambas substâncias (cafestol e kahweol) passam pelo coador e ficam presos nele, sendo muito mais abundante no café expresso do que no café coado. O consumo regular do café coado tem o poder de reduzir os níveis do colesterol ruim (LDL), sendo que o excesso do café expresso pode aumentar seus níveis.

O café também ajuda a reduzir a resistência à insulina ajudando assim o risco de diabetes, isso tanto para o café comum como para o descafeinado.

Em resumo, o café faz muito bem a saúde sim, mas pode trazer sérias conseqüências quando consumido em excesso, principalmente se for expresso. Dê preferência ao café comum, e quanto ao número de xícaras não ultrapasse 4 xícaras diariamente, é uma média razoável para que não cause estragos no nosso organismo.

Por Vanessa Fischer
Fonte : Blog Fino Trato e 101 alimentos que podem salvar sua vida – David Grotto.
22 de outubro de 2012
1:34 p.m. PST

Share:

Leave a reply