Tribos ou Panelas?

510
0
Share:

O mundo corporativo é dividido em várias tribos. Assim como na rotina de nossas vidas, as tribos apresentam estilos de grupos que se juntam para estabelecer redes com objetivos e interesses comuns.

Dentro das organizações não poderia ser diferente. As tribos se formam e através destes grupos relações pessoais são criadas e movimentam a empresa no seu dia a dia.
Tribos não se tornam danosas, visto que nada mais é do que a junção de comportamentos com objetivo comum. Agora, existe um outro lado dentro das organizações que são as Panelas. As famosas Panelas!!!!!
As panelas também tem vários tipos , com características diferentes que competem na organização.
As panelas de ferro – são pesadas e se mantêm quente por muito tempo. Fazer parte desta turma não é simples e nem fácil, afinal são de ferro, fortes com ótimas relaçõeos e contatos. Assim com as panelas este tipo de grupo realça ao gosto da comida, mas depende do tipo da comida. Fazendo analogia este grupo, de ferro são adaptáveis aos tipos de chefes. Importante, elas não se misturam com as demais panelas, pois se ficarem juntas elas arranham pois são de ferro.
As panelas de barro –  são de material que se mantém mais fiel ao gosto da comida. Não desprendem substâncias prejudiciais ao organismo como as panelas de ferro e alumínio. Este tipo de grupo nas empresas são os profissionais que prezam pela fidelidade aos princípios e ideais.  São grupos inofensivos, que não geram conflitos e são tradicionais nas atitudes e entregam dentro de um padrão.
O grupo das Panelas de Inox, são boas, bonitas, mas precisam de cuidado para não terem manchas ou causar queimaduras  devido suas alças. Este grupo de panelas nas organizações são os grupos narcisistas, que valorizam o cargo e a imagem. Perfeitos na imagem criada, este grupo também é conhecido como os MBAs. Sempre preocupados com a imagem, não adimitem nada que possa manchar esta imagem criada. Quando são incomodados ou ficam desconfortáveis, podem causar sérias queimaduras.
As Panelas de Alumínio  – são as menos indicadas para uso devido causar riscos a saúde devido os resíduos que passam a comida. O grupo de pessoas que se assemelham ao alumínio são os mais danosos para organização. Geralmente fazem fofocas e geram conflitos entre as demais panelinhas organizacionais. Dificilmente são indicados para cargos ou posições, mas sabem de tudo que acontece e são capazes de ficar o dia inteiro preocupados com futuros movimentos organizacionais e esquecem de trabalhar. Assim como o alumínio que precisa de muita força para deixá-lo brilhando, este grupo para mudar a postura só fazendo muito feedback e gestão. Muiats vezes nem com tanto esforço consegue dar o brilho necessário a estas panelas.
Panelas de Vidro Temperado – são boas, fáceis de lavar e vai ao microondas. O único problema é que por serem de vidro não resistem a quedas. Este grupo de panelas nas empresas são grupos práticos, com entrega rápida e geralmente muito transparentes. O problema deste grupo é que por serem práticos e com entrega alta (output), incomodam as demais panelas e geralmente por serem muito claros e transparentes, se expoem demais e sofrem a pressão das panelas de ferro e de inox que acabam ocupando os espaços e cargos. Isso faz com que este grupos ao longo dos anos desistam ou acabam não mais resistindo a tantas quedas.
Já as Panelas de T-fal são boas panelas. Podem arranhar e não exigem muito esforço para se manterem limpas. Nas organizações estes grupos são as panelas que fazem o trivial. Trabalham sem muitos sonhos, fazem parte do grupo operacional e não querem muito brilho. Fazem suas atribuições e não buscam competir por grandes cargos. Dão conta do recado sem muito esforço. Consideram o trabalho um emprego somente!
Por último temos as Panelas de Ágata.  São as melhores, pois contribuem na qualidade do alimento, pois não soltam resíduos e agilizam o cozimento pela alta capacidade de absorção. Para as empresas estes grupos são formados pelos profissionais de alta performance, que contribuem com qualidade para o resultado das organizações. São poucos, pérolas dentro da empresa e nem sempre totalmente utilizados corretamente, pois são  Ágata. Poucos conhecem e compreendem  sua capacidade, o que faz com que este grupo seja pouco reconhecido dentro da organização, apesar de ser diferencial.
Bem, a analogia das Panelas usadas na cozinha com as Panelas criadas nas organizações é uma narrativa lúdica, mas que tem características parecidas.
Uma cozinha não funciona sem panela. O alimento que é o produto final, precisa de uma panela para ser transformado em algo saboroso ou terrível.
Nas empresas as panelas que existem são responsáveis também por um tipo de comida que pode gerar o prazer de um bom prato ou a terrível ingestão de uma comida contaminada.
E você, sabe que grupo de panelas está contido na organização?
Bon Apetit!!!!!
Abraços,
Yeda Brandi
http://marketingexistencial-yeda.blogspot.com.br/
Share: