Um terço das mulheres continua seguindo o ex via rede social

502
0
Share:

do Terra

Para muitas mulheres, um relacionamento não tem o ponto final imediatamente após o rompimento. Pelo menos é o que mostra uma pesquisa encomendada pela rede social feminina britânica Pencourage.com. Com informações do site do jornal Daily Mail.

Os resultados mostram que quase um terço das mulheres (30%) afirma manter a amizade ou continuar seguindo o ex utilizando as redes sociais.

Quase um quarto delas (22%) admite que continua se informando sobre a vida do ex-parceiro usando o perfil de uma outra pessoa, um fake, ou ainda quando sabem que ele não está logado.

Quando questionadas se mantêm contato com o ex via redes sociais durante um momento de fraqueza, cerca de uma em cinco (19%) responderam afirmativamente, sendo que, depois disso, acabam se arrependendo.

Em contrapartida, pouco mais do que a metade das entrevistadas (51%) disse que nunca fez este tipo de coisa; enquanto que uma proporção similar (18%) afirma que gostaria de manter contato, mas conseguiu ser “forte o suficiente” para resistir à tentação.

Além disso,  48% da amostra decidiram cortar qualquer tipo de relação e inclusive bloquearam o ex-parceiro das redes sociais, dizendo que jamais o contatariam novamente.

O doutor Michael Sinclair, psicólogo do Psychology Group, afirma que as redes sociais tornam mais fácil o hábito de perseguir as pessoas. “Isso pode ser uma tentativa de validar nossa própria autoestima e possivelmente extinguir qualquer sentimento de fracasso, rejeição ou solidão, assim como servir como uma esperança secreta de ver o quão infeliz e sozinho está o outro. Se essa é a motivação, muitas vezes sai pela culatra e só nos faz sentir pior sobre nós mesmos.”

Ele observa também que as pessoas geralmente observam as redes sociais quando estão aborrecidas, ou quando não têm nada melhor para fazer. “Por isso é sábio reconhecer que, ao comprovar que seu ex está aproveitando uma nova vida, trazendo mais preocupação a você, cortar os laços online é a melhor opção para seguir em frente.” 

Share: